JOÃO CRISTÓVÃO LEITÃO O Retrato de Ulisses

Home / JOÃO CRISTÓVÃO LEITÃO O Retrato de Ulisses

> JOÃO CRISTÓVÃO LEITÃO (por)

O Jardim dos caminhos que se bifurcam
5:17
2015

En colaboración conel festival portugués Loops.Lisboa.

O Retrato de Ulisses é uma vertiginosa viagem pelo tempo e pela literatura. Uma viagem onde Ulisses se encontra enclausurado pelo mecanismo que é o loop. Uma viagem que questiona a identidade humana aquando do seu confronto com a possibilidade da circularidade do tempo e com as durações objectiva e subjectiva deste.
Ulisses é Ulisses. No entanto, tal não significa que também não seja Cervantes, Pierre Menard, Alexandre Magno, César, Homero, Tchekov, Nietzsche, Borges e, indubitavelmente, eu próprio.

| FICHA TÉCNICA |
_Realização, imagem, som, montagem, produção e voz-off | João Cristóvão Leitão
_Textos (a partir de) | Anton Tchekov, Friedrich Nietzsche e Jorge Luis Borges
_Com | Duarte Amaral Soares
_Assistência de realização | Marta Ribeiro
_Assistência de produção | Joana Peralta
_Pós-produção de imagem e assistência de montagem | Miguel Leitão
_Captação e pós-produção de voz-off | Manuel Ramos

| APRESENTAÇÕES PÚBLICAS |
_14/Outubro/2015 a 24/Janeiro/2016, Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado (Lisboa, PT), no âmbito do ciclo LOOPS.LISBOA/Temps d’Images
_13/Dezembro/2015, Cinema Nimas (Lisboa, PT), no âmbito do Concurso de Vídeo Fundação INATEL
_13/Dezembro/2015, Teatro Trindade (Lisboa, PT), no âmbito do Concurso de Vídeo Fundação INATEL
_19/Dezembro/2015, no âmbito do evento OCUPAÇÃO#1.2 (Fátima, PT)
_15/Abril/2016 a 1/Maio/2016, no âmbito do festival LOOP Barcelona (plataforma online)
_28/Maio/2016, Cordoaria Nacional – Torreão de Belém, Espaço EGEAC (Lisboa, PT), no âmbito da Feira Internacional de Arte Contemporânea ARCO
_12/Junho/2016, 5 rue de Curial (Paris, FR), no âmbito do Le Centquatre Paris
_15 a 31/Julho/2016, Centro Municipal de Cultura de Ponta Delgada (Açores, PT), no âmbito do Walk&Talk Azores
_12, 13, 19 e 20/Agosto/2016, Junta de Freguesia de Montemor-o-Velho (Montemor, PT), no âmbito do CITEMOR – 38º Festival Montemor-o-Velho
_27/Agosto/2016, Ruínas do Museu Arqueológico do Carmo (Lisboa, PT), no âmbito do FUSO: Anual de Vídeo Arte Internacional de Lisboa
_20/Novembro/2016, Spazio Oberdan (Milão, IT), no âmbito do Festival Internacional INVIDEO
_23/Novembro/2016, Teatro Miguel Franco Mimo – Museu da Imagem em Movimento (Leiria, PT), no âmbito do Festival Caminhos do Cinema Português
_11/Agosto a 19/Dezembro/2016, Blackbox do Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas (Açores, PT), no âmbito do Incognitum – Laboratório Atlântico Multimédia para as Artes, Sociedade e Ciência
_12, 19, 25, 26, 28 e 29/Outubro/2017, Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (Lisboa, PT), no âmbito do Dia das Belas Artes
_15 e 16/Dezembro/2017, Villa Glória (Mangualde, PT), no âmbito do concurso Jovens Criadores 2017
_25/Outubro a 16/Novembro de 2018, Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa (Lisboa, PT), no âmbito da exposição “O Futuro do Presente: Simples ou Composto?”
_18/Março/2020, Palais de Beaux-Arts (Lille, FR)

| PRÉMIOS |
_Grande Prémio da competição LOOPS.LISBOA/Temps d’Images, 2015
_Vencedor do Prémio Fundação INATEL do Concurso de Vídeo Fundação INATEL, 2015
_Vencedor do concurso Jovens Criadores 2015, na secção de Vídeo

 

Descripción