Lia Letícia

Home / Lia Letícia

Lia Letícia

Nacida en Viamão / RS, comenzó su carrera con el diseño de escenarios en teatros y escuelas de samba. A finales de los 90 se traslada a Olinda / PE y explora la pintura en diversos medios, incluido el audiovisual. Aparecen las primeras investigaciones en videoarte y cine experimental. Además de escribir y dirigir sus propias películas, trabaja como directora de arte. Sus obras se mueven entre festivales de cine y exposiciones de arte y multiplican esta experiencia a través de acciones como Cinecão o como educador de artistas en proyectos de experimentación audiovisual, como Escola Engenho. Coordina colectivamente proyectos en la Galeria Maumau y es parte del Colectivo CARNI. Actualmente está terminando dos cortometrajes, co-escribiendo y codirigiendo la serie Brasil Visual / Canal Curta y preparando una exposición individual en Rio de Janeiro / RJ. Vive en Recife / PE

“La obra de Lia Letícia no se basa en la excepcionalidad y supuesta autonomía del arte, sino en lo contrario: su cotidianeidad, sus disputas, su violencia. Para Lia, el arte es parte de los conflictos y construcciones de la cultura y, como tal, debe ser pensado, criticado y tensado por prácticas culturales que se ubican al margen del corazón de la cultura, de su hegemonía económica, política y simbólica. ”por Clarissa Diniz

É natural de Viamão/RS, iniciou a carreira com cenografia em teatro e escola de samba. No final da década de 90 muda-se para Olinda/PE e explora a pintura em diversos suportes, inclusive o audiovisual. Surgem as primeiras investigações em videoarte e filmes experimentais. Além de escrever e dirigir seus próprios filmes, trabalha como diretora de arte. Seus trabalhos transitam entre festivais de cinema e exposições de arte e, multiplica esta experiência através de ações como o Cinecão ou como artista educadora em projetos de experimentação audiovisual, como a Escola Engenho. Coordena coletivamente projetos da Galeria Maumau e faz parte do Coletivo CARNI. Coletivo. Atualmente finaliza dois curtas, co-roteiriza e co-dirige a série Brasil Visual/Canal Curta e prepara exposição solo no Rio de Janeiro/RJ. Vive em Recife/PE

“Lia Letícia tem sua obra lastreada não na excepcionalidade e pretensa autonomia da arte, mas em seu oposto: sua ordinariedade, suas disputas, suas violências. Para Lia, a arte é parte dos conflitos e construções da cultura e, como tal, deve ser pensada, criticada e tensionada por práticas culturais que se situam à margem do coração de sua hegemonia econômica, política e simbólica.” por Clarissa Diniz

 

Born in Viamão / RS, she began her career designing stages in theaters and samba schools. At the end of the 90s she moved to Olinda / PE and explored painting in different means, including audiovisual. The first video art studies and experimental cinema appear. Besides writing and directing her own films, she works as an art director. Her work move within film festivals and art exhibitions and multiply this experience through actions such as Cinecão or as an artist educator in audiovisual experimentation projects, such as Escola Engenho. She collectively coordinates projects at the Maumau Gallery and is part of the CARNI Collective. She is currently finishing two short films, co-writing and co-directing the series Brasil Visual / Canal Curta and preparing a solo exhibition in Rio de Janeiro / RJ. Lives in Recife / PE

“Lia Letícia’s work is not based on art´s exceptionality and supposed autonomy, but the opposite: it is based on its daily life, its struggle, its violence. For Lia, art is part of the culture´s conflicts and constructions and, as it, must be thought, criticized and tensed by cultural practices that are located outside culture´s  economic, political and symbolic hegemony. ”By Clarissa Diniz

 

 

 

Descripción
Socials